Archive for Brasil

Estudante brasileiro desenvolve cadeira de rodas controlada pelo movimento dos olhos

                                          (Reprodução RBS/Tv)

            O estudante de engenharia eletrônica da Universidade de Caxias do Sul, o brasileiro Maikon Del Ré Perin, de 25 anos, desenvolveu uma cadeira de rodas bastante diferente. O equipamento funciona através dos movimentos do globo ocular. Para que isso ocorra, é necessário que o usuário coloque uma máscara capaz de detectar o movimento dos olhos e, a partir daí, fazer a cadeira se mover.

            Existem pessoas que sofrem de doenças ou possuem deficiências físicas que as incapacitam de realizar qualquer movimento. Dessa forma, não seria possível controlar uma cadeira de rodas comum, então a cadeira desenvolvida por Maikon tornaria a vida dessas pessoas um pouco mais independente.

            O equipamento tem despertado curiosidade e interesse inclusive de outros países, tanto que Maikon já esteve em Turim, na Itália, apresentando o projeto.

            O desejo do estudante é que o conhecimento científico chegue realmente à vida das pessoas, mudando-a para melhor. Entretanto, para que isso ocorra, é necessário homologação, ou seja, aprovação, adequação às normas de segurança.

           

 

 

Disque-árvore faz sucesso em cidade do interior de São Paulo

arvore

                                 goo.gl/G2RMtu

      Você já ouviu falar em disque-pizza? Certamente sim, não é mesmo? Mas em Votuporanga, cidade do interior do Estado de São Paulo, um serviço bastante diferente tem chamado a atenção dos moradores. É o disque-árvore. Sim, isso mesmo! Disque-árvore! Trata-se de um serviço gratuito oferecido pelo Serviço de Tratamento de Água e Esgoto da cidade, em que o morador liga e solicita (pede) o plantio de uma muda de árvore.

    São oferecidas sete opções de mudas para serem plantadas em frente às casas, comércios e indústrias. As mudas oferecidas são: ipê amarelo do cerrado e magnólia, lofantera, magnólia amarela, melaleuca, pata de vaca e aroeira pimenteira.

    Durante o primeiro mês de funcionamento do serviço, já foram plantadas 82 mudas, sendo que a cerca de 90% dos pedidos foram feitos por moradores. Ao solicitar o serviço, é feita uma avaliação técnica para saber qual a planta mais adequada para o local, e então uma equipe vai até lá e faz o plantio, sem custo algum para o cidadão!

    E então, gostou? Essa moda poderia pegar, não é mesmo?

Jovem devolve celular encontrado e pede emprego em vez de recompensa

        Garoto celular

                                              http://goo.gl/7b0lns 

        Atualmente, temos nos deparado com muitas notícias negativas, como roubos, furtos e outros tantos assuntos que entristecem qualquer cidadão. Às vezes, felizmente, essas notícias dão uma pausa para mostrar que existem pessoas que realmente fazem diferença através de suas belíssimas atitudes.

         O jovem Pablo de Paula, de 16 anos, é uma dessas pessoas. Veja a sua história:

         Pablo passava por uma rua à noite e viu um celular caído no chão. Será que ele pegou o aparelho e ficou feliz da vida por ter encontrado algo tão valioso? O celular custa em torno de 2500 reais. Pablo é um garoto humilde, que precisa ajudar nas despesas da casa onde mora com a mãe e três irmãos, e acabou de ser dispensado de seu último emprego. Sua situação não estava nada fácil! E então? Será que Pablo ficou com o celular?

         A resposta é não. Pablo rapidamente conseguiu entrar em contato com o dono do celular, Nikolas Soares Valério, que de tão feliz com a atitude do garoto, ofereceu uma recompensa de 200 reais. Pablo não pensou duas vezes e NÃO aceitou o dinheiro, porém, fez um pedido inesperado: pediu que, em vez do dinheiro, o dono do celular o ajudasse a procurar um emprego. A atitude de Pablo sensibilizou não só Nikolas, mas também muita gente!

      Na tentativa de ajudar o garoto, Nikolas postou a história numa rede social e, pouco depois, Pablo já tinha recebido várias propostas de emprego!

     O resultado dessa atitude é que Pablo conseguiu seu tão sonhado emprego! Vai trabalhar de auxiliar de almoxarifado, mas para isso, terá que cumprir uma exigência muito importante, feita pelo futuro patrão, o juiz Eduardo Perez:

      “Você só vem trabalhar conosco se você estudar porque só avança na vida, só tem condição de avançar aquele que se dedica, aquele que estuda”, afirmou o juiz Eduardo Perez.

        “Obrigado por essa oportunidade, eu vou me dedicar muito”, disse Pablo.

       A mãe de Pablo disse que o filho cumpriu sua obrigação, ou seja, fez o que é certo, e que todo mundo deveria agir assim.

     E o final feliz dessa história é que Pablo ganhou, além do emprego, reconhecimento por sua honestidade e também a oportunidade de se tornar exemplo para tantas pessoas!

 

 

Manifestações contra o governo Dilma – exercício de democracia

Manifestantes contra o governo reunidos na Avenida Paulista

Manifestantes contra o governo reunidos na Avenida Paulista

                                            http://migre.me/p3bX4

 

       Como já comentamos aqui em 2013, manifestação significa um conjunto de pessoas tentando mostrar apoio ou descontentamento com relação a algo. Nesta semana, um dos assuntos mais evidentes é a manifestação contra o governo da presidente Dilma Roussef e seu partido, o PT (Partido dos Trabalhadores). A manifestação ocorreu no último domingo, dia 15, reunindo milhares de pessoas em todo o país. Atos menores também foram realizados em Nova Iorque, Londres, Paris e Buenos Aires. Talvez você esteja se perguntando: por que as pessoas estão descontentes com o governo e com o partido?

      Vamos imaginar algo bem simples: sua escola precisa eleger um diretor. Dentro da escola existem grupos com ideias diferentes, e dentro desses grupos existe um candidato a diretor que será escolhido pelos alunos. Vamos pensar em dois grupos. Um deles defende que todos os alunos deverão ir uniformizados para a escola. O outro defende que cada um poderá frequentar as aulas com a roupa que escolher. Cada grupo desse pode ser chamado de partido. Partido, então, é uma espécie de grupo com os mesmos interesses e ideias, buscando conquistar o poder.

         Como vivemos em um país democrático, temos o direito de participar da escolha através do voto. Vamos então imaginar que, após uma votação, o vencedor da disputa pelo cargo de diretor faça parte do grupo que defende o uso de uniforme. A partir daí, o uso do uniforme passa a ser obrigatório.

     Bem, será que todos os alunos da escola concordam? Será que todos apoiam o uso do uniforme? Certamente não! E os alunos da escola dividem-se entre os que são contra e os que são a favor das ideias e propostas do diretor.   Apesar de nem todos serem a favor, o diretor tem o poder de decidir sobre as medidas tomadas na escola, pois foi escolhido pela maioria. Assim, mesmo tendo que respeitar as decisões do diretor, o grupo que é contra (oposição) tem o direito de se manifestar e demonstrar sua insatisfação com a situação.

         É mais ou menos isso que está acontecendo em nosso país. Existem cidadãos que são a favor da presidente Dilma Roussef e do partido que ela representa, o Partido dos Trabalhadores. Existem também os cidadãos que não concordam com as ideias do PT e estão insatisfeitos com o governo.     Muitos motivos levaram a oposição a se manifestar contra o governo, sendo o principal deles a suspeita de corrupção (práticas ilegais, erradas, desonestas) por seus membros.

     Por vivermos em um país democrático, todos temos o direito de nos manifestarmos. Por isso, além das manifestações contra o governo, também houve manifestações a favor do governo, como a ocorrida em São Paulo na última sexta-feira, dia 13, em que as pessoas foram às ruas demonstrar apoio ao governo.

     Enfim, ir às ruas se manifestar significa que estamos exercendo o direito de expressar livremente nossas opiniões, sejam elas contra ou a favor ao governo. Isso é democracia.

Economize água para não ficar no escuro – Falta de água também pode significar falta de energia!

http://migre.me/oDxOy

           Você já ouviu falar em apagão? Já ficou sem energia elétrica para acender as luzes, ligar a televisão, ligar o chuveiro? Terrível, não? Pois é…com a falta de chuvas e a crise no abastecimento de água pela qual estamos passando, também poderemos viver um outro sério problema: a falta de energa elétrica.

       Isso porque, em nosso país, grande parte da energia elétrica que chega em nossas casas é gerada por meio das usinas hidrelétricas. Mas o que as chuvas têm a ver com eletricidade?

         As usinas hidrelétricas apenas funcionam com a força de uma queda dágua. Elas possuem enormes turbinas, parecidas com cata-ventos muito grandes que giram através da força da água de um rio represado. Ao girar, essas turbinas produzem energia. Sendo assim, isso só acontece quando há um volume suficiente de água represada.

         Quando há um grande periodo de seca, os rios ficam com menor volume de água e o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas cai, fazendo com que as grandes turbinas girem mais lentamente, produzindo menos energia.

         Há outros meios de energia que poderiam ser utilizados para a produção de energia elétrica, como por exemplo a energia da força dos ventos (energia eólica), ou a energia obtida através dos raios do Sol (energia solar). Essas duas formas de energia poderiam perfeitamente ser melhor utilizadas aqui no Brasil, uma vez que nosso país possui grandes extensões/dimensões, ou seja, é muito grande. Assim, há muito espaço para a ocorrência de ventos e muitas áreas onde a luz solar incide para ser captada (vivemos em um país muito ensolarado praticamente o ano todo).

         Infelizmente nossos governantes não investem nessas outras formas de produção de energia elétrica, o que nos faz dependentes das águas das chuvas para obtermos tal energia. Por isso, além da falta de água, você já sabe que agora há mais outro motivo para tomarmos uma atitude contra o desperdício: a energia elétrica.

 

Usina hidrelétrica

http://migre.me/oDy9l

 

Usina eólica

http://migre.me/oDwI

 

Usina solar

http://migre.me/oDyUU

Água: ajude a economizar!

economia_gotinhaeconomica

http://2.bp.blogspot.com/_2tC3pKvlOt8/TEZzjRwcKBI/AAAAAAAAAP Q/ozb4Dv64uXM/s1600/economia_gotinhaeconomica.gif


 

     Sabemos que, nos últimos meses, temos sofrido muito com problemas de água para nosso consumo. Como já foi dito no último post, isso vem acontecendo por estar chovendo menos do que nos anos anteriores nessa mesma época do ano, fazendo com que os rios, as lagoas e reservatórios de água sequem. Isso é um problema muito sério, pois a água é um recurso essencial à toda vida na Terra.

   Nossa única saída é economizar e até reutilizar esse valioso recurso, não deixando que haja desperdício.

     Sabe-se que nessa época do ano inicia-se o período das chuvas e tempestades. A pergunta é: quando começarem as chuvas, poderemos parar de nos preocupar com a economia de água? A resposta é? Não, de forma alguma devemos parar de nos preocupar em economizar a água. Mas por quê?

    A água da chuva, ao cair no solo, é primeiramente asborvida pela vegetação (árvores, plantas) e pela camada da superfície do solo, podendo também evaporar-se em pouco tempo. Se você, por exemplo, jogar um copo de água na areia quente e seca da praia, na terra de seu quintal ou mesmo no asfalto da rua, vai ver que em pouco tempo essa água vai evaporar-se completamente.

      Isso significa que, para que a água volte a acumular-se nas represas e rios, de nada adianta um pouco ou alguns dias de chuva. É necessário que haja muita chuva e por um longo período de tempo (vários meses ou até mesmo anos) para que a água, além de alcançar a superfície do solo, também alcance e encharque as suas camadas profundas até que comece a se acumular de baixo para cima, fazendo assim com que suba o nível das represas e dos rios.

       O que aprendemos com isso?

      Aprendemos que não é porque se inicia a estação das chuvas que as pessoas podem voltar a esbanjar água por aí, pois para que tudo volte ao normal e as represas voltem a ficar cheias novamente é preciso de muito tempo e muita chuva.

       Além disso, mesmo que não haja problemas de seca ou de falta de água, sempre devemos fazer uso racional da água, economizando ao máximo esse recurso tão rico e tão necessário para a nossa sobrevivência. É nosso dever como cidadão!

        Se a economia de água que agora a população está fazendo já tivesse sido começada antes, e a água também tivesse sido armazenada corretamente, poderiamos até mesmo não estar passando pelo sério problema atual. Assim, as prefeituras e os governantes responsáveis também devem sempre estar atentos ao problema e fazerem constantes melhorias e modernizações nos sistemas de captação e ARMAZENAMENTO de água de suas cidades, para que sempre haja água reservada o suficiente, ou seja, uma garantia para os períodos de seca.

       O armazenamento correto da água é um dos fatores de maior importância, pois de nada adianta toda a chuva do mundo se você não “guardá-lá”, armazená-la o suficiente para seu uso no presente e no futuro.

      Por isso, toda a sociedade – eu, você, seus pais, seus amiguinhos, os governantes – devemos nos preocupar com o uso racional e economia da água sempre, seja nos períodos de seca ou mesmo de chuva abundante.”

 

Colaboração: Luciana Nodari

 

Água, cadê você?

Sistema Cantareira

Sistema Cantareira

http://f.i.uol.com.br/folha/cotidiano/images/14066393.jpeg

Está faltando água em São Paulo?

        Quase todos os dias, temos acompanhado notícias sobre a queda do volume de água do Sistema Cantareira. Essas notícias têm deixado a população bastante preocupada, pois estamos passando por uma das maiores crises de abastecimento de água do Estado de São Paulo.

         Dentre os oito sistemas que abastecem a Grande São Paulo, o Sistema Cantareira é o maior  responsável pela captação, tratamento e distribuição de água para essa região. É um dos maiores do mundo, composto por seis represas e 48 quilômetros de túneis.

Por que o volume de água diminuiu? A culpa é de quem?

         Durante o ano, existe um período chuvoso, que vai de outubro até março. Porém,  nos últimos dois anos (2013 e 2014), choveu pouco nesse período, muito menos que o esperado. Tudo bem, a falta de chuva é bastante responsável  por essa crise, mas a culpa não é só dela! Parte da responsabilidade também é do governo. Nos últimos 30 anos, a população cresceu e não foram feitas obras para aumentar a capacidade de armazenamento das represas!

O Sistema Cantareira vai se normalizar?

            Os especialistas dizem que se chover o esperado entre outubro de 2014 e março de 2015, o Sistema poderá chegar aos 39% de sua capacidade (um pouco menos que a metade), mas isso não será suficiente para passar o próximo ano livre de preocupação. Calcula-se que somente em 2016 o nível de água passará dos 50% (metade da capacidade).

Racionamento e volume morto

           Racionamento significa controle da distribuição de recursos que estão em falta. No caso da água, por exemplo, seria ficar com as torneiras secas durante um período do dia, com o objetivo de economizar. O Governo do Estado de São Paulo decidiu utilizar o volume morto da represa ao invés de colocar o racionamento em prática.

      Volume morto é uma parte inativa da represa, utilizada somente em situações de emergência, e está localizado bem abaixo do nível de onde a água é captada.

 

[EDICAO_A - 6]  CORREIO/CADERNO_A/MATERIAL ... 10/05

 

 

Bônus para quem economizar…

      Você sabia que todos nós pagamos pela água utilizada? Dessa forma, uma das medidas tomadas pelo governo para que as pessoas economizem água, é dar desconto na conta para quem diminuir o consumo. Mesmo assim, muitas pessoas não se importam com os gastos e continuam desperdiçando água.

       Segundo pesquisa realizada, os moradores de bairros nobres de São Paulo, como Jardim Paulista, Jardim América e Jardim Europa,  foram os que menos reduziram o consumo de água!  O que está faltando mesmo é conscientização! De nada adianta ter dinheiro para pagar a conta e não ter água!

      Diante de tantos problemas com relação ao abastecimento de água, seria muito bom se a população realmente se conscientizasse e contribuísse com simples medidas para a economia de água.

Veja a seguir o que você pode fazer para ajudar

 –  Hora do banho: os banhos devem ser rápidos. Não se esqueça de desligar o chuveiro para se ensaboar.

–  Molhar a escova, fechar a torneira para escovar os dentes e enxaguar a boca utilizando um copo.

–  Não use a descarga como lixeira! Não acione a descarga à toa!

–  Ao lavar a louça, primeiro raspe os restos de alimentos dos pratos e panelas, e só depois abra a torneira para molhá-los. Ensaboe tudo o que tem que ser lavado, e só depois abra a torneira novamente para enxaguar.

–  Só ligar a máquina de lavar louças se ela estiver cheia.

–  Juntar bastante roupa suja antes de ligar a máquina ou usar o tanque. Aproveite a água do enxague para lavar o quintal.

–   Molhar as plantas com regador ao invés de usar a mangueira.

–    Evitar lavar o carro durante a época de seca.

Saiba mais:

 

http://www.sabesp.com.br/CalandraWeb/CalandraRedirect/?temp=2&temp2=3&proj=sabesp&pub=T&nome=Uso_Racional_Agua_Generico&db&docid=DAE20C6250A162698325711B00508A40 (acesso em 08/09/2014)

http://www1.folha.uol.com.br/especial/2014/crisedaagua/ (acesso em 08/09/2014)

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2014-08-28/bairros-nobres-sao-os-que-menos-economizam-agua-na-capital-paulista-diz-sabesp.html (acesso em 08/09/2014)

 

Greve – vamos entender?

greve3

     Nos últimos dias, muito temos ouvido falar sobre greve. Greve dos funcionários do metrô de São Paulo, greve dos professores, greve dos motoristas de ônibus…Ao mesmo tempo em que são noticiadas essas greves, também são mostradas todas as confusões causadas por elas. Então, o que é greve? Para que serve? Quais os seus efeitos na sociedade?

   Greve é um movimento realizado por trabalhadores para pressionar os seus empregadores, ou seja, os seus patrões. Esses patrões podem ser empresas particulares ou o Estado. Vamos a um exemplo?

  Quando uma classe de trabalhadores luta por melhores condições de trabalho e não é atendida, decide parar de trabalhar, causando confusão e deixando a população sem o seu serviço. Dessa forma, os empregadores (patrões) sentem-se pressionados e apressam-se para conseguir atender aos pedidos dos trabalhadores, a fim de evitar mais confusões e prejuízos. Enfim, quanto mais transtornos uma greve trouxer à sociedade, mais rapidamente os pedidos dos trabalhadores grevistas serão atendidos!

     No último dia 04, por exemplo, os funcionários do Metrô de São Paulo entraram em greve, em plena época de Copa do Mundo! Por isso,  situação da cidade está muito complicada, pois sem o metrô, a população enfrenta muita dificuldade para se locomover.

     Quando os professores entram em greve, os alunos são prejudicados por ficarem sem aula. Quando a greve é dos médicos, muitos pacientes ficam sem atendimento nos hospitais e postos de saúde, o que é muito sério!

     Bem, apesar de causar tantos transtornos, a greve é um direito do trabalhador, você sabia? Enquanto fazem acordos com os empregadores, os trabalhadores podem parar suas atividades, desde que também cumpram os seus deveres, entre eles,  garantir a prestação de serviços indispensáveis à população. Por exemplo, a classe médica entra em greve mas ainda mantém poucos médicos trabalhando. Mesmo assim, o prejuízo para a população é enorme!

     Quando os grevistas não cumprem os seus deveres,  a greve pode ser considerada abusiva e os trabalhadores podem sofrer consequências, como demissões e descontos dos dias não trabalhados.

     Infelizmente, mesmo a greve sendo um direito do trabalhador e  realizada de acordo com a lei, é a população que mais sofre suas  consequências .

Cuidado com a dengue! – entrevista exclusiva com o mosquito

 

todos-contra-a-dengue1

http://oanunciador.files.wordpress.com/2013/02/todos-contra-a-dengue1.jpg

 

Nos últimos dias, certamente, você deve ter ouvido muitos comentários e notícias sobre dengue. Infelizmente, a doença está se alastrando e fazendo muitas vítimas. Vamos conhecer um pouco mais sobre a dengue e saber quais as formas de preveni-la.

 

O que é dengue?

A dengue é uma doença infecciosa causada por vírus e está presente em todo o mundo, nas regiões tropicais e subtropicais (regiões com verões quentes e úmidos). A doença costuma aparecer durante ou logo após o período chuvoso, e é transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti.

No Brasil, a dengue é conhecida desde os tempos de colônia (de 1500 a 1822, ou seja, quando o país ainda pertencia a Portugal). O mosquito Aedes Aegypti tem origem africana e foi trazido pelos navios negreiros após longas viagens de seus ovos nas águas paradas das embarcações.

Existem quatro tipos de dengue (infecção inaparente, dengue clássica, dengue hemorrágica e síndrome de choque da dengue).

ATENÇÃO AOS SINTOMAS

Veja quais são sintomas das formas mais comuns de dengue:

Dengue Clássica –  febre alta, dor de cabeça, dor muscular, dor atrás dos olhos,  dor nas juntas, vermelhidão no corpo, cansaço e fraqueza, com duração de aproximadamente sete dias. Nas crianças, os sintomas são parecidos, acompanhados de vômito e diarreia.

Dengue hemorrágica –  No início, os sintomas são muito parecidos com os da dengue clássica, porém, a partir do terceiro dia, a febre diminui e aparecem sinais de hemorragia (sangramento nasal, gengival, manchas vermelhas pelo corpo, entre outros). A dengue hemorrágica, se não for tratada a tempo, pode levar à morte.

Como saber se é dengue?

Normalmente, os  sintomas da dengue são confundidos com sintomas de gripe, pois são parecidos. É muito importante que, diante de tais sintomas, a pessoa não tome nenhum remédio por conta própria, pois alguns deles fazem muito mal para quem está com dengue! Portanto, diante da suspeita da doença, é essencial procurar assistência médica.

Para saber se a pessoa está com dengue, é necessário realizar exame de sangue.

Existe tratamento?

Não existe tratamento contra o virus da dengue. Para aliviar os sintomas, é preciso tomar muito líquido, utilizar medicamentos para baixar a febre e aliviar a dor, mas como já foi dito, somente com orientação médica!

O MOSQUITO DA DENGUE E A TRANSMISSÃO DA DOENÇA      

O mosquito da dengue é menor que os mosquitos comuns. Ele é preto, como pequenos riscos brancos nas costas, cabeça e pernas.

Veja:

 

 

Aedes Aegypti

Aedes Aegypti

                        http://panamaexpatblog.com/wp-content/uploads/2014/01/a_aegypti_0-      1024×688.png

       

Você sabia que a dengue é transmitida através da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti? Isso mesmo, somente a fêmea transmite a doença! O mosquito macho alimenta-se de frutas e vegetais adocicados, e a fêmea alimenta-se de sangue.

Leia, a seguir, uma entrevista com a fêmea do Aedes Aegypti e saiba mais sobre a transmissão da doença.

 

Exclusivo: entrevista com o mosquito da dengue!

 

Entrevistada – Aedes Aegypti fêmea

http://www.alobebe.com.br/includes/image.asp?p=rev16pag32.jpg/revista/1/resize

 

O Pequeno Cidadão – Quanto tempo você vive?

Sra. Aedes Aegypti – Vivo cerca de 30 a 45 dias, e posso contaminar até 300 pessoas nesse período.

 

O Pequeno Cidadão – Onde você gosta de colocar seus ovos?

Sra. Aedes Aegypti – Bem, os locais preferidos para colocar meus ovinhos são recipientes com água limpa e parada. Eu não os coloco diretamente na água, e sim nas paredes desses recipientes. Adoro pneus, fundos de garrafas, vasos…

O Pequeno Cidadão – O que você acha das pessoas que não cuidam de suas casas, deixando água limpa e parada em seus quintais?

Sra. Aedes Aegypti – Acho muito bom, pois se a pessoa não cuidar de sua casa, terei muitos lugares para colocar meus ovos. Esses ovos darão origem a muitos mosquitos, e muitas pessoas serão infectadas pelo virus da dengue! Às vezes penso: por que será que os humanos não cuidam de suas casas e de seus quintais, se a dengue pode matá-los?

 

O Pequeno Cidadão – Qual o horário que a senhora costuma picar? Quais locais do corpo você prefere?

Sra. Aedes Aegypti – Bem, eu costumo picar no começo da manhã e no final da tarde. Gosto muito das regiões dos pés, tornozelos e pernas, pois eu voo muito baixo!

 

O Pequeno Cidadão – Todo mosquito Aedes Aegypti pode transmitir dengue?

Sra. Aedes Aegypti – Não, somente as fêmeas. Mas para isso, a fêmea também deve estar infectada, ou seja, ela deve ter contraído o virus depois de ter picado uma pessoa doente.

 

O Pequeno Cidadão – As pessoas podem pegar dengue através do contato com outras pessoas doentes?

Sra. Aedes Aegypti – Não! É possível pegar dengue somente através da minha picada, ou seja através da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti.

O Pequeno Cidadão – Qual a sua opinião sobre os inseticidas? Eles podem acabar com a dengue?

Sra Aedes Aegypti – Olha, os inseticidas nos matam, e nós queremos viver para picar muitas pessoas! (risos). As pessoas pensam que, matando o mosquito, estarão eliminando o problema da dengue. Isso não é verdade, pois para acabar com a dengue é preciso acabar com os criadouros do mosquito! É preciso prestar atenção aos quintais, aos recipientes com água limpa e parada, para que os mosquitos não botem seus ovos! Acabar com a dengue é simples, só depende da ação das pessoas! Se cada um fizer sua parte, a dengue perderá sua força!

O Pequeno Cidadão – Muito obrigado pela entrevista, mas…esperamos que vocês sejam eliminados!

 

 

 maus exemplos:

criadouros - pneus, recipientes.

criadouros – pneus, recipientes.

http://s2.glbimg.com/f_hm1egbCX_Gq0XkiKefGtMQdJgT21LuupAtIOWguY9Ioz-HdGixxa_8qOZvMp3w/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/02/28/dengue_1.jpg

Tampinha de refrigerante pode ser criadouro

Tampinha de refrigerante pode ser criadouro

 

http://www.deolhojornal.com/sites/default/files//Orlandia/ImgTextos/tampinha-amarela-larvas-mosquito-dengue_0.jpg

DICAS IMPORTANTES!

 

Medidas de prevenção

Medidas de prevenção

 

http://1.bp.blogspot.com/-YgNKgwPKs94/UUHvogEVbeI/AAAAAAABGFE/5NpzBMw-ihM/s1600/Folheto-campanha-contra-dengue.jpg

 

 

Faltam 100 dias para a Copa. Será que estamos preparados?

 

 

itaquera2portaldacopamediv

Palco da abertura da Copa, a Arena Corinthians é um dos estádios mais atrasados

                                    http://p2.trrsf.com/image/fget/cf/619/464/images.terra.com/2014/03/02/itaquera2portaldacopamediv.jpg

 

Há quase sete anos, em outubro de 2007, o Brasil foi o país escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2014.  Entretanto, nessa época, o Brasil não tinha condições para sediar o evento, pois não tinha estádios em condições adequadas, além de muitas cidades não possuírem infraestrutura capaz de abrigar tantas pessoas, tantos turistas.

Um estudo feito na ocasião mostrou que o Brasil não possuía nenhum estádio que atendesse aos padrões FIFA , a federação internacional de futebol. Seria necessário construir doze novos estádios.

Lula, o presidente do Brasil na época, anunciou que o Brasil construiria estádios novos e faria o que fosse preciso para que a Copa fosse realizada no país.

Bem, parecia que sete anos seria tempo suficiente para o Brasil se preparar…mas não foi. Hoje faltam exatos 100 dias para o início da competição, e ainda há muito o que se fazer. O Brasil vive uma corrida contra o tempo.

Dos doze estádios que precisavam ser construídos, somente nove estão prontos. Também existem problemas com os aeroportos, pois muitas obras não ficarão prontas até junho. Muita coisa será concluída “em cima da hora”, e outras serão entregues após a Copa.

É, Brasil, será que vamos fazer feio?

 

http://p2.trrsf.com/image/fget/cf/619/464/images.terra.com/2014/03/02/itaquera2portaldacopamediv.jpg