Archive for Brasil

19 de novembro – Dia da Bandeira Nacional

bandeira-brasil

http://lembrancasdesencapadas.files.wordpress.com/2013/07/bandeira-brasil.jpg?w=500

         Você sabia que no dia 19 de novembro, comemora-se o Dia da Bandeira do Brasil?

       A bandeira é um dos símbolos que representam a República Federativa do Brasil (os outros símbolos são as armas nacionais, o selo nacional e o hino nacional).

         Existem normas que devem ser seguidas para a confecção da Bandeira Nacional. Ela deve ter o formato retangular de fundo verde, com um losango amarelo. No centro desse losango, uma esfera azul com uma faixa branca atravessada e inclinada da esquerda para a direita, com os dizeres “Ordem e Progresso” em letras maiúsculas verdes. No círculo azul, 27 estrelas retratam o céu do Rio de Janeiro, incluindo constelações, como o Cruzeiro do Sul. As estrelas simbolizam os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

         As quatro cores da bandeira simbolizam as famílias reais das quais descende D. Pedro. Entretanto, com o passar do tempo, o povo brasileiro substituiu e adaptou essas informações. Daí em diante, os significados das cores passaram a ser:

Verde – representa as matas

Amarelo – representa as riquezas

Azul – representa o céu

Branco – representa a paz

 

         Vamos conhecer algumas curiosidades sobre a Bandeira do Brasil?

 

  • A estrela que fica sozinha acima da faixa branca, ao contrário do que muitos pensam, não representa o Distrito Federal. Ela representa o estado do Pará, que até 1889 era o maior estado que ficava acima da linha do Equador (linha imaginária que divide a Terra em dois hemisférios, ou seja, em duas partes).
  • É a única bandeira Nacional a ter uma constelação representada em sua imagem.
  • É a única que traz uma mensagem escrita.
  • A maior Bandeira do Brasil está localizada no Morro dos Barbosas, na cidade de São Vicente, litoral do estado de São Paulo, e foi inaugurada em comemoração aos 500 anos do descobrimento do Brasil pelo então Governador Mário Covas. A Bandeira tem 630 m² (31 x 20 m) e 110 kg de peso, com mastro de 60 metros.
  • Quando várias bandeiras são hasteadas em nosso país, a brasileira deve ser a primeira a chegar no topo do mastro e a última a descer.
  • O Brasil já teve 12 bandeiras diferentes, sem contar a nossa atual bandeira. A maior parte foram bandeiras portuguesas  hasteadas no Brasil desde a época de Pedro Álvares Cabral. Estas bandeiras foram mudando de acordo com a mudança na política portuguesa. Como o Brasil foi colônia de Portugal até 1822, estas bandeiras valem também o nosso território. Se contarem apenas as bandeiras criadas após a independência, são três no total.

 

 

                                                            Maior Bandeira do Brasil

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php

            

Hino à Bandeira Nacional

 

         Assim como as bandeiras, os hinos também são criados para representar uma nação.  No ano de 1906, apareceu pela primeira vez o Hino à Bandeira Nacional, escrito pelo poeta Olavo Bilac.

 

Salve lindo pendão da esperança!
Salve símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.

 

Recebe o afeto que se encerra
em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Em teu seio formoso retratas
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas,
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

 

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Contemplando o teu vulto sagrado,
Compreendemos o nosso dever,
E o Brasil por seus filhos amado,
poderoso e feliz há de ser!

 

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Sobre a imensa Nação Brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre, sagrada bandeira
Pavilhão da justiça e do amor!

 

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Clique para ouvir:

https://www.youtube.com/watch?v=2UQw9rBfv88

Referências:

http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_da_bandeira.htm (acesso em 18/11/2013)

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php (acesso em 18/11/2013)

http://www.brasilescola.com/brasil/bandeiradobrasil.htm (acesso em 18/11/2013)

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php (acesso em 18/11/2013)

 

O resgate dos Beagles do Instituto Royal

    

     Beagle

                                                        http://vejasp.abril.com.br/blogs/bichos/files/2013/10/Beagle.png

     No último dia 17 de outubro, aconteceu um episódio que virou notícia em todo o Brasil: mais de cem pessoas invadiram o Instituto Royal, em São Roque – SP, e resgataram (libertaram) 178 cães da raça Beagle, que eram utilizados para pesquisas.

    O uso de animais em pesquisas é bastante comum, e acontece há muito tempo no mundo todo. Quando os cientistas fazem descobertas de novos remédios, por exemplo, precisam primeiro testá-los nos animais antes de usá-los nos humanos.

    O uso de animais em testes de pesquisas não é proibido, e existe uma lei que diz que esses animais não devem sofrer, devendo ser utilizados somente quando não existe outra alternativa.

   De acordo com os ativistas defensores dos animais, os cães estavam sofrendo maus-tratos, por isso resolveram tirá-los de lá. Bem, mas nem tudo é tão simples assim. Os cães pertenciam ao laboratório, e os ativistas o invadiram por conta própria. O correto seria que as autoridades investigassem o caso e resgatassem os animais. Por isso,  se os invasores forem identificados, poderão responder por furto.

         Para muitas pessoas, os ativistas fizeram apenas o bem ao resgatar os animaizinhos que estavam sofrendo. O problema é que eles passaram por cima das leis, já que o laboratório tinha autorização para fazer essas pesquisas.

         Cientistas dizem que muitos remédios e descobertas jamais teriam existido se não fossem feitos testes com animais. Por outro lado, existem pesquisas que usam animais sem verdadeira necessidade, por exemplo, os testes de cosméticos (produtos de beleza).

         Como você pôde perceber, essa questão é bem delicada e causa muita discussão! Esperamos que o resgate dos Beagles do Instituto Royal sirva para que todos pensem muito sobre o assunto, para que sejam desenvolvidas outras maneiras de pesquisa, para que pelo menos os animais sejam utilizados somente quando não há nenhuma outra alternativa e, mesmo assim, sem sofrimento desnecessário.

O horário brasileiro de verão está chegando. Entenda essa mudança!

         horario-de-verao-2011

                                       http://www.blogdaresenhageral.com.br/wp-content/uploads/horario-de-verao-2011.jpg?52bed7

 

           Todos os anos, chega um momento em que precisamos mexer no nosso relógio e ajustá-lo para o horário de verão, e é comum ouvirmos comentários do tipo: “esse horário desregulou o meu sono”, “amanhã vamos perder uma hora”… Algumas pessoas gostam muito do horário de verão, mas outras nem tanto. E você? Sabe o que é e para quê serve o horário de verão?

 

         Horário de verão é simplesmente adiantar o relógio em uma hora. Essa prática ajuda a economizar energia, pois dessa maneira a luz do dia é melhor aproveitada. Em situação normal, o dia escurece mais ou menos às 18 horas, e nesse horário as pessoas começam a acender as luzes. Se considerarmos que as pessoas dormem às 22 horas, teremos quatro horas de luzes acesas. Quando adiantamos o relógio em uma hora, o dia começará a escurecer por volta de 19 horas. Se as pessoas forem dormir às 22 horas, serão três horas de luzes acesas, ou seja, teremos uma hora de economia de energia.

 

         Neste ano, o horário de verão começará no próximo dia 20 de outubro e terminará em 16 de fevereiro de 2014. Essa medida é adotada sempre nesta mesma época do ano, em que os dias são mais longos por causa da posição da Terra em relação ao Sol e a luminosidade natural pode ser melhor aproveitada. É também nesse período que há maior gasto de energia por causa do calor e do aumento da produção industrial às vésperas do Natal.

 

         O horário de verão será adotado em todos os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, pois a experiência têm demonstrado que nesses locais há um melhor resultado da aplicação da medida. Portanto, as regiões Norte e Nordeste não sofrerão alteração no horário.

 

 

Prepare-se para o horário de verão

horario_de_verao

                                                              http://itabatanews.com.br/home/news/_lib/file/img/horario_de_verao.jpg

 

 

         Adiantar o relógio em uma hora pode parecer inofensivo, mas muitas pessoas sofrem com essa medida.

 

         Imagine só: uma pessoa precisa acordar às 6 horas da manhã todos os dias. No horário de verão, o relógio estará adiantado e, no momento em que essa pessoa estiver acordando como de costume, o horário marcado não será mais 6, e sim 7 horas, mas ela terá a sensação de que são 6 horas . Assim, quando ela colocar o relógio (já adiantado) para despertar às 6 horas, ela terá a sensação de que ainda são 5 horas!

 

         As pessoas que sofrem com a mudança de horário devem começar a se preparar mais ou menos duas semanas antes da mudança, ou seja, a hora é agora! A dica, segundo o médico e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (UnB) Raimundo Nonato Delgado Rodrigues, é acordar mais cedo, 15 minutos durante três dias, depois aumentar mais 15 minutos durante mais três dias e assim por diante, até completar uma hora.

 

         Bem, é melhor você começar a se preparar, pois o dia 20 está chegando você não vai querer levar bronca da professora por perder hora ou cochilar durante a aula, não é mesmo?

Para saber mais:

http://www.mme.gov.br/mme/menu/horarioverao.html

Fonte:

 

http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/10/06/preparacao-para-horario-de-verao-deve-comecar-agora-alerta-especialista.htm. Acesso em 06/10/2013

http://www.mme.gov.br/mme/menu/horarioverao.html

 

Aplicativo criado por brasileiros ajuda a combater lixões ilegais

lixarada1http://livetouch.com.br/universotouch/wp-content/uploads/2013/07/lixarada1.jpg

Infelizmente, podem ser encontrados em vários lugares, depósitos de lixo ilegais. Nesses locais, há muito lixo acumulado em condições que não são apropriadas ou corretas para o lixo ser deixado, o que pode causar mal às pessoas e ao meio ambiente (poluição, doenças, etc). Mas agora, as pessoas já podem ajudar a reduzir esse problema.

 Um grupo de brasileiros criou uma maneira em que as pessoas podem denunciar de forma mais fácil esses lixões clandestinos às autoridades responsáveis (à prefeitura, à secretaria do meio ambiente) pelo celular! Esse grupo desenvolveu um aplicativo para celulares do tipo “smartphones”, que permite que as pessoas denunciem o lixão clandestino. Esse aplicativo possui um sistema de localização que mostra, através de um mapa, o exato lugar em que está o lixão encontrado, e até o tipo/tamanho de lixo.

         Essas informações são enviadas diretamente para as autoridades através desse aplicativo. As pessoas também podem fotografar e enviar as fotos, para melhor comprovação. Esse aplicativo ainda está somente disponível para Iphone. Os criadores estão desenvolvendo uma versão para Android, que deve ser lançada até o final do ano. Uma boa ideia, não? Você, podendo colaborar para a melhoria do meio ambiente, através de seu celular!

 

Em São Paulo: exposição gratuita ensina sobre a história da imigração no Brasil

Naviodeimigrantes

Navio de imigrantes italianos no porto de Santos (1907)

                http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b1/Naviodeimigrantes.gif

 

 

Imigração é a entrada de pessoas em um país que não é o seu de origem, para morar ou passar um período de sua vida.

O Brasil é um país que recebeu muitos imigrantes de diferentes partes do mundo. No século XIX (1801 a 1900), o Brasil era visto, principalmente pela Ásia e pela Europa, como um lugar de muitas oportunidades. Sendo assim, muitos habitantes desses países (que passavam por dificuldades),  se mudaram para o Brasil em busca de uma vida melhor. Japoneses, italianos, alemães e pessoas de outros países vieram então trabalhar no campo e na indústria.

A cidade de São Paulo já recebeu mais de 2 milhões de imigrantes. Junto deles, vieram também muitos costumes de seus países de origem, principalmente com relação à alimentação. Os italianos, por exemplo, trouxeram a pizza. Os  alemães trouxeram a cerveja, as linguiças, as salsichas. Já os portugueses trouxeram o pão.

A partir da última terça-feira (10), está sendo possível entender essa história através da exposição “Viagem, sonho e destino”, que acontece, por enquanto, dentro da estação Tatuapé da CPTM, em São Paulo.

A exposição é gratuita e conta com fotos, vídeos, depoimentos e até uma maquete eletrônica, para contar detalhadamente a trajetória dos imigrantes.

Como você pode perceber, a história da imigração no Brasil é bastante interessante, vale a pena conhecê-la. Não perca essa oportunidade!

 

Onde e quando:

 

Estação Tatuapé da CPTM (linhas 11 e 12) – de 10 de setembro a 10 de outubro, das 7h30 às 19h00.

Até o final de janeiro, a exposição passará pelas estações Palmeiras-Barra Funda e Brás.

 

 

7 de setembro – Independência do Brasil

independencia http://www.brasilescola.com/upload/conteudo/images/2326a277cecb3a6ef3df356419141186.jpg

                          


A Independência do Brasil aconteceu no dia 7 de setembro de 1822, quando Dom Pedro disse a famosa frase: independência ou morte!”. Certamente você já ouviu isso alguma vez, não é? Para entender o significado da comemoração do dia 7 de setembro, precisamos voltar um pouco no tempo. Vamos lá?

 

Em 1500, os portugueses chegaram no Brasil. A partir daí, tomaram conta de nossa terra e exploraram suas riquezas, utilizando para isso o trabalho escravo de índios e negros africanos. O Brasil se transformou em uma colônia de Portugal, e assim permaneceu por muito tempo.

 

Em 1808, Portugal estava sendo invadido pelas tropas francesas de Napoleão Bonaparte. Então, a família real portuguesa (o rei Dom João VI e sua corte), resolveu fugir para o Brasil, chegando aqui em 1808.

 

Durante o tempo em que a família real ficou no Brasil, o país se desenvolveu bastante. Foram criados bancos, indústrias, escolas, portos, estradas, o que trouxe muito progresso.

 

Quando Napoleão foi derrotado, os portugueses exigiram que Dom João VI e a família real voltassem para Portugal. Em 1821, Dom João VI partiu para Portugal, deixando seu filho Dom Pedro I em seu lugar tomando conta do Brasil. Deixou também para trás um país bastante mudado, mais desenvolvido e com uma população que já começava a exigir liberdade.

 

Portugal queria voltar a dominar o Brasil como antes, e exigiu que Dom Pedro voltasse para lá, mas ele decidiu ficar. Então, no dia 7 de setembro de 1822, às margens do rio Ipiranga, Dom Pedro declarou: “independência ou morte!”.  O Brasil estava separado de Portugal.

 

 

Quadro do Grito da Independência

 

 

quadro independencia

 

 

 

         Você já viu esse quadro? Ele mostra a cena da Independência e foi encomendado pelo Imperador Dom Pedro II e pintado pelo artista Pedro Américo, em 1888.Dizem que a imagem não mostra o fato como aconteceu realmente.

         O quadro está no Museu do Ipiranga, em São Paulo.


Você sabia que pouca coisa mudou após a independência? O país continuou a ser liderado por um português, a escravidão permaneceu e precisávamos comprar produtos de outros países. Independência mesmo, só da boca para fora, não é mesmo,  Dom Pedro I?

Museu do Ipiranga – http://www.mp.usp.br

 

 

 

 

 

 

 

Por que os médicos estrangeiros estão vindo para o Brasil?

Chegada dos primeiros médicos cubanos no Aeroporto Internacional de Recife

Chegada dos primeiros médicos cubanos no Aeroporto Internacional de Recife

http://www.otempo.com.br/polopoly_fs/3.501566.1377386255!image/image.jpg_gen/derivatives/main-single-horizontal-img-article-fit_620/image.jpg

O Brasil é um país muito grande. Dessa forma, nem todas as regiões são iguais. Assim como existem lugares desenvolvidos e com bastante estrutura, existem lugares muito pobres, que sofrem com a falta de serviços essenciais para se viver com dignidade. De um tempo para cá, muito temos ouvido sobre a falta de médicos em regiões como o Norte e o Nordeste do Brasil, onde estão concentradas a maior parte das cidades carentes, e sobre a vinda de médicos estrangeiros (principalmente cubanos) para esses lugares. O que será que está acontecendo? Por que será que faltam médicos brasileiros nessas regiões?  O Brasil não tem médicos para irem a esses locais?

Na verdade, não há falta de médicos no Brasil, mas existem muitos problemas. Esses lugares em que faltam médicos são muito distantes e não oferecem uma boa estrutura para que eles possam cuidar da saúde das pessoas. Imagine um médico trabalhando em um lugar que não há materiais como macas, luvas, remédios, aparelhos para exame…é como você ir para a escola estudar e não ter mesa, cadeira, giz, lousa… Complicado, não é? Por isso, os médicos brasileiros preferem continuar trabalhando em lugares maiores, com melhores condições de trabalho e ganhando melhores salários. Frente a esses problemas, o governo decidiu trazer médicos estrangeiros para trabalharem nesses lugares, o que causou o descontentamento de muitos brasileiros, principalmente dos médicos.

Os médicos brasileiros são contra os médicos estrangeiros?

Não. Na verdade, eles são contra o jeito que o governo está trazendo esses médicos para cá, pois normalmente, quando um médico formado em outro país quer trabalhar aqui no Brasil, ele precisa fazer uma prova para mostrar que está preparado. Se passar, pode vir sem nenhum problema. Até aí tudo bem, não é? Acontece que o governo está trazendo os médicos estrangeiros sem que eles precisem fazer a prova,  coisa que o Conselho Federal de Medicina acha bastante grave.

Além disso, os brasileiros que são contra a vinda dos médicos estrangeiros acham que o correto seria o governo aumentar os salários e melhorar as condições de trabalho nesses lugares, para fazer com que os médicos brasileiros se interessem pelo trabalho nessas regiões.

Nesta última semana, os primeiros médicos estrangeiros começaram a chegar ao país.

 

Trabalho infantil – uma triste realidade brasileira

trabalhoinfantil11

http://amarcbrasil.org/wp-content/uploads/2013/05/trabalho-infantil.jpg

 O trabalho infantil no Brasil diminuiu, mas ainda existem muitas crianças e adolescentes nessa condição. Qualquer tipo de trabalho realizado por crianças e adolescentes menores de dezesseis anos, é proibido por lei. Mesmo assim, existem muitas crianças trabalhando em alguns lugares do nosso país. Para se ter uma ideia, uma em cada dez crianças está trabalhando. A maioria dos jovens trabalhadores está na região Nordeste. Em segundo lugar vem o Sudeste, e em terceiro o Sul.

Nas cidades nordestinas, o trabalho que mais preocupa é o doméstico, ou seja, trabalho em casa. Também é forte o trabalho de crianças no comércio e na coleta e  reciclagem de lixo. Além disso, existem crianças que são usadas até para vender drogas! Também é  comum as crianças realizarem trabalhos muito pesados, como atividades de mineração. Elas enfrentam, todos os dias, temperaturas extremas, ruídos insuportáveis, vapores e líquidos venenosos, riscos de desabamentos, entre outras coisas que seriam perigosas até para um adulto.

Infelizmente, a mineração é a única fonte de sobrevivência para famílias de muitas regiões brasileiras. E quando só o trabalho dos pais não é suficiente para sustentar a casa, os filhos também têm que ir às minas, olarias e pedreiras (presentes em 22 estados brasileiros), onde passam os dias cavando, levantando pedras extremamente pesadas e entrando em contato com agentes cancerígenos (que causam câncer), como o mercúrio. Dá para acreditar que existem 12 mil crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos envolvidos nessa atividade só no Brasil?

O trabalho impede que as crianças estudem, pois, enquanto estão trabalhando, não podem ir à escola, ou chegam tão cansadas que não têm ânimo para estudar.

Você sabia que as crianças que você vê vendendo balas e doces nos sinais estão realizando trabalho infantil? Na maioria das vezes, estão sendo exploradas por um adulto que as obriga a trabalhar!

A única forma de trabalho permitida aos menores de dezesseis anos é na condição de aprendiz. O jovem aprendiz (de quatorze a dezesseis anos) pode aprender uma profissão, desde que esteja frequentando a escola.

É importante que os pais tenham consciência de que os filhos PRECISAM estudar, pois só assim  poderão ter um futuro melhor.

 

http://n.i.uol.com.br/ultnot/0909/17crianca.jpg

http://n.i.uol.com.br/ultnot/0909/17crianca.jpg

 

Fonte: 

http://noticias.r7.com/brasil/trabalho-infantil-diminui-mas-ainda-afeta-37-milhoes-de-criancas-no-brasil-12062013, acesso em 14/08/2013

 

http://www.educacional.com.br/reportagens/criancasdobrasil/trabalho_infantil_faca_diferenca.asp, acesso em 14/08/2013

 

http://www.promenino.org.br/Homes/Oque%C3%A9trabalhoinfantil/tabid/282/Default.aspx, acesso em 14/08/2013

 

 

 

 

 

Neve no Brasil!

http://www.palmital.pr.gov.br/wp-content/uploads/2013/07/NEVE.jpg

http://www.palmital.pr.gov.br/wp-content/uploads/2013/07/NEVE.jpg

No último mês de julho, muita gente se assustou com o forte frio que atingiu principalmente as regiões Sul e Sudeste do nosso país. Teve até neve em muitas cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e até mesmo no Paraná!!!

Vamos então entender como se forma a neve?

Bem lá no alto da atmosfera as temperaturas são muito baixas (frio). Nessa área, pode haver nuvens altas. Quando a temperatura encontra-se abaixo de zero grau, formam-se dentro dessas nuvens pequeninos cristais de gelo em suspensão, ou seja, cristais de gelo realmente flutuando dentro dessas nuvens! Esses cristais acabam se movimentando e se juntando uns aos outros, formando flocos de gelo maiores, que acabam se tornando mais pesados e caem/descem em direção à terra (em nossa direção). Conforme eles vão caindo e chegando perto daqui, da superfície terrestre, esses flocos de gelo vão se derretendo, pois aqui as temperaturas são mais altas (é mais quente que lá no alto) e acabam então transformando-se em gotas de água. Essas gotas de água que chegam até nós é a CHUVA. Porém, quando aqui na superfície da terra as temperaturas estão muito baixas e há muito frio, os flocos de gelo que caem das nuvens acabam não se derretendo, e chegam até nós ainda como flocos congelados. Assim é formada a neve que conhecemos, em que flocos de gelo vão caindo e se acumulando sobre o solo, deixando-o todo branquinho!

 

 (Colaboração -Luciana Nodari)

 

 

 

 

 

 

 

Manifestações prejudicam popularidade da presidente Dilma Rousseff

http://veja4.abrilm.com.br/assets/images/2013/6/151793/dilma-rousseff-20130605-69-size-598.jpg?1370457748

http://veja4.abrilm.com.br/assets/images/2013/6/151793/dilma-rousseff-20130605-69-size-598.jpg?1370457748

 

As manifestações que vêm acontecendo em todo o Brasil estão deixando o povo brasileiro menos satisfeito com a presidente Dilma Rousseff.

De acordo com pesquisas, a maioria dos entrevistados aprovou as manifestações populares, e  o número de pessoas descontentes com a presidente aumentou bastante, sendo que de cada cem pessoas entrevistadas, cerca de 45 disseram que não votariam em Dilma em 2014 “de jeito nenhum”, complicando sua reeleição, ou seja, que ela seja eleita presidente novamente.