Archive for Educação

Estudante brasileiro desenvolve cadeira de rodas controlada pelo movimento dos olhos

                                          (Reprodução RBS/Tv)

            O estudante de engenharia eletrônica da Universidade de Caxias do Sul, o brasileiro Maikon Del Ré Perin, de 25 anos, desenvolveu uma cadeira de rodas bastante diferente. O equipamento funciona através dos movimentos do globo ocular. Para que isso ocorra, é necessário que o usuário coloque uma máscara capaz de detectar o movimento dos olhos e, a partir daí, fazer a cadeira se mover.

            Existem pessoas que sofrem de doenças ou possuem deficiências físicas que as incapacitam de realizar qualquer movimento. Dessa forma, não seria possível controlar uma cadeira de rodas comum, então a cadeira desenvolvida por Maikon tornaria a vida dessas pessoas um pouco mais independente.

            O equipamento tem despertado curiosidade e interesse inclusive de outros países, tanto que Maikon já esteve em Turim, na Itália, apresentando o projeto.

            O desejo do estudante é que o conhecimento científico chegue realmente à vida das pessoas, mudando-a para melhor. Entretanto, para que isso ocorra, é necessário homologação, ou seja, aprovação, adequação às normas de segurança.

           

 

 

Disque-árvore faz sucesso em cidade do interior de São Paulo

arvore

                                 goo.gl/G2RMtu

      Você já ouviu falar em disque-pizza? Certamente sim, não é mesmo? Mas em Votuporanga, cidade do interior do Estado de São Paulo, um serviço bastante diferente tem chamado a atenção dos moradores. É o disque-árvore. Sim, isso mesmo! Disque-árvore! Trata-se de um serviço gratuito oferecido pelo Serviço de Tratamento de Água e Esgoto da cidade, em que o morador liga e solicita (pede) o plantio de uma muda de árvore.

    São oferecidas sete opções de mudas para serem plantadas em frente às casas, comércios e indústrias. As mudas oferecidas são: ipê amarelo do cerrado e magnólia, lofantera, magnólia amarela, melaleuca, pata de vaca e aroeira pimenteira.

    Durante o primeiro mês de funcionamento do serviço, já foram plantadas 82 mudas, sendo que a cerca de 90% dos pedidos foram feitos por moradores. Ao solicitar o serviço, é feita uma avaliação técnica para saber qual a planta mais adequada para o local, e então uma equipe vai até lá e faz o plantio, sem custo algum para o cidadão!

    E então, gostou? Essa moda poderia pegar, não é mesmo?

Jovem devolve celular encontrado e pede emprego em vez de recompensa

        Garoto celular

                                              http://goo.gl/7b0lns 

        Atualmente, temos nos deparado com muitas notícias negativas, como roubos, furtos e outros tantos assuntos que entristecem qualquer cidadão. Às vezes, felizmente, essas notícias dão uma pausa para mostrar que existem pessoas que realmente fazem diferença através de suas belíssimas atitudes.

         O jovem Pablo de Paula, de 16 anos, é uma dessas pessoas. Veja a sua história:

         Pablo passava por uma rua à noite e viu um celular caído no chão. Será que ele pegou o aparelho e ficou feliz da vida por ter encontrado algo tão valioso? O celular custa em torno de 2500 reais. Pablo é um garoto humilde, que precisa ajudar nas despesas da casa onde mora com a mãe e três irmãos, e acabou de ser dispensado de seu último emprego. Sua situação não estava nada fácil! E então? Será que Pablo ficou com o celular?

         A resposta é não. Pablo rapidamente conseguiu entrar em contato com o dono do celular, Nikolas Soares Valério, que de tão feliz com a atitude do garoto, ofereceu uma recompensa de 200 reais. Pablo não pensou duas vezes e NÃO aceitou o dinheiro, porém, fez um pedido inesperado: pediu que, em vez do dinheiro, o dono do celular o ajudasse a procurar um emprego. A atitude de Pablo sensibilizou não só Nikolas, mas também muita gente!

      Na tentativa de ajudar o garoto, Nikolas postou a história numa rede social e, pouco depois, Pablo já tinha recebido várias propostas de emprego!

     O resultado dessa atitude é que Pablo conseguiu seu tão sonhado emprego! Vai trabalhar de auxiliar de almoxarifado, mas para isso, terá que cumprir uma exigência muito importante, feita pelo futuro patrão, o juiz Eduardo Perez:

      “Você só vem trabalhar conosco se você estudar porque só avança na vida, só tem condição de avançar aquele que se dedica, aquele que estuda”, afirmou o juiz Eduardo Perez.

        “Obrigado por essa oportunidade, eu vou me dedicar muito”, disse Pablo.

       A mãe de Pablo disse que o filho cumpriu sua obrigação, ou seja, fez o que é certo, e que todo mundo deveria agir assim.

     E o final feliz dessa história é que Pablo ganhou, além do emprego, reconhecimento por sua honestidade e também a oportunidade de se tornar exemplo para tantas pessoas!

 

 

Terremoto na Itália e em outros lugares do mundo – como acontecem?

http://migre.me/uLtlb

http://migre.me/uLtlb

 

     No dia 24 de agosto, um forte terremoto atingiu o centro da Itália durante a madrugada, deixando muitos mortos e feridos. O maior impacto foi em Perugia, uma região  a cerca de 200km de Roma, onde o tremor também foi sentido durante vinte segundos.

     Notícias como essa nos fazem pensar nas causas que levam terremotos a atingirem certos locais e passarem longe de outros. Vamos então entender um pouco mais sobre esse fenômeno tão assustador.

    Imagine um bolo recheado. Ao cortá-lo, você pode ver que é formado por camadas diferentes: massa, recheio, cobertura. Se pudéssemos cortar o planeta Terra ao meio, veríamos que ele também é formado por camadas diferentes. Assim como a camada mais externa do bolo é chamada cobertura, a camada mais externa a Terra é chamada litosfera. Essa camada apresenta diferenças ao longo da superfície terrestre, podendo ter espessuras diferentes, sendo mais grossa em alguns lugares e mais fina em outros.

      As diferentes espessuras da litosfera fazem com que a superfície terrestre se pareça com um enorme quebra-cabeças montado, em que cada peça é chamada de placa tectônica. Essas peças – as placas – flutuam sobre uma camada quente e pastosa (magma), que é a lava dos vulcões. Esse movimento pode fazer com que as placas se choquem, provocando os terremotos. Os lugares mais atingidos por terremotos são aqueles que estão localizados onde as placas se encontram (exatamente nas divisões das peças do quebra-cabeças).

     No Brasil já foram registrados tremores, porém causados por prováveis falhas na placa em que está localizado, o que não gera tremores de alta intensidade e grandes destruições, como no caso do choque entre as placas. Por localizar-se bem no meio de uma placa tectônica, o Brasil está livre de grandes terremotos.

     Os países onde mais acontecem grandes terremotos são: Japão, Indonésia, Índia, Filipinas, Papua Nova Guiné, Turquia, Estados Unidos, Haiti, Chile.

 

http://migre.me/uLtEC

http://migre.me/uLtEC                                                                                                                                                                         A imagem mostra que o Brasil encontra-se no meio da placa Sul Americana, bem longe das divisões entre as placas.

 

 

 

http://migre.me/uLtM5 Aqui podemos observar que o Japão (em destaque) está localizado entre três placas tectônicas.

http://migre.me/uLtM5
Aqui podemos observar que o Japão (em destaque) está localizado entre três placas tectônicas.

 

Internet: você sabe se proteger?

internet-criancas-20140218-191123-450x220

http://marketingdrops.com.br/wp-content/uploads/2014/09/internet-criancas-20140218-191123-450×220.jpg

  O assunto que vamos tratar aqui é muito, muito importante! Se você está agora acessando este blog, significa que faz uso dessa ferramenta poderosíssima chamada internet.

   A internet surgiu há mais de quarenta anos, porém, só começou a ficar popular por volta de 1990. Atualmente, usamos a internet para muitas coisas, o que a torna praticamente indispensável no nosso dia a dia.

  Você consegue imaginar como seria a sua vida sem internet? Não? Pois saiba que antes de sua popularização, as pessoas também estudavam, pesquisavam e se comunicavam, mas tudo era feito de outra maneira (muitas vezes bem mais difícil)!

   Atualmente, se seu professor pede para que você faça uma pesquisa sobre um animal, por exemplo, é muito simples! Você acessa um site confiável, normalmente com a supervisão de um adulto, e seu problema está resolvido. Se de repente surge uma dúvida sobre a localização de uma cidade ou um país, é só acessar um site de busca e pronto! A resposta aparece rapidinho! E se um amigo ou familiar está um uma cidade bem longe e bate aquela saudade? É só mandar um e-mail ou até conversar com a pessoa, com a possibilidade de vê-la ao vivo, esteja ela onde estiver. Muitas pessoas também trabalham através da internet. Podemos até fazer compras sem sair de casa! Isso não é fantástico?

  Imagine que há alguns anos, se fosse necessário realizar uma pesquisa para a escola, o aluno tinha que ir até a biblioteca, pesquisar vários livros e copiar o resultado para apresenta-lo ao professor. E quanto ao amigo ou familiar morando longe? Era muito complicado! Só era possível matar a saudade através de telefonemas – que dependendo da distância, eram caríssimos – ou através de cartas. Isso mesmo, cartas escritas à mão, que eram levadas até uma agência dos correios e enviadas para a pessoa, o que demorava dias! Pensando em tudo isso, que sorte você ter nascido quando a internet já tinha se popularizado, não é?

    Por enquanto, só falamos do lado bom da internet. Mas existe um lado ruim? Por incrível que pareça, existe sim. Se a internet não for usada adequadamente, pode trazer consequências terríveis para a vida de uma pessoa. Vamos falar um pouco sobre um dos principais perigos da internet: a exposição.

    Exposição significa aparecer, mostrar-se. Você pode perceber que em qualquer lugar sempre existe alguém pronto para registrar facilmente determinados momentos utilizando a câmera de um celular. Mas qual é o problema disso? O problema é que qualquer foto ou filmagem pode sair do mundo real e entrar no mundo virtual. E o pior: depois que alguma informação ou imagem cai na rede, não é mais possível desfazê-la!

   Se você, por exemplo, tirar uma foto e enviá-la para alguém, você nunca mais terá controle sobre sua própria foto! Se alguém quiser fazer uma brincadeira sem-graça com você e colocar sua foto na internet, qualquer pessoa poderá vê-la! E o pior: hoje, amanhã e sempre! Anos e anos se passarão, e sua foto estará lá! Imagine aquela foto que você tirou sem pensar, num momento de brincadeira, e depois se arrependeu… ela poderá se tornar pública!

   Mesmo que você não perceba, absolutamente TUDO o que você faz online deixa marcas, como se fossem pegadas. Na internet não há segredos, e a memória é muito longa!

   Muitas pessoas acham que quando enviam fotos para uma pessoa e depois se arrependem, é só pedir para a pessoa apagar que a foto sumirá para sempre. Mas você já parou para pensar se a pessoa enviar sua foto para mais alguém? E esse alguém enviar para outros? Nunca mais você conseguirá recuperá-la! E também não adianta você apagá-la de seu celular depois que já a enviou para alguém. Você já perdeu o controle! Isso é assustador, não é?

   Que tal fazer um teste? Chame sua família para participar, e assim todos vocês poderão dar início a um papo bacana sobre esse assunto.

  1. Tire uma foto com o seu celular.

  2. Envie esta foto para uma pessoa da sua família.

  3. Peça para que esta pessoa a envie para mais alguém.

  4. Imagine que você se arrependeu e quer apagar a foto. Apague-a de seu celular. Será que você se livrou da foto? Aparentemente sim, não é mesmo?

  5. Agora vamos tirar a prova. Peça para as duas pessoas mostrarem se a sua foto continua no celular delas.

  6. E aí? Você se livrou da foto?

  7. Imagine que cada pessoa pode mandar sua foto para quem ela quiser, e outras pessoas poderão fazer o que quiserem com ela!

   Você poderá até se arrepender, mas o problema não terá solução. Por isso, atualmente, é preciso ter muita responsabilidade sobre tudo o que você faz. E esse conselho não serve somente para o caso de fotos, mas também para tudo o que você escreve, principalmente nas redes sociais. Já pensou se, numa brincadeira, você resolve escrever no seu perfil de uma rede social frases do tipo “odeio estudar”, “tenho preguiça de trabalhar”? Você acha que no futuro, quando for arrumar um emprego, isso vai ser bom para sua imagem? E como é que você vai explicar que foi uma brincadeira?

   Poderíamos ficar aqui por muito tempo falando sobre vários exemplos de perigos de navegar sem responsabilidade, de tantas maneiras que existem de você se expor na internet.

   Enfim, se você não quiser se arriscar e nem correr risco de se prejudicar seriamente, seja responsável! No mundo virtual, assim como no mundo real, é preciso ter limites e muito, mas muito cuidado! Fique atento!

Manifestações contra o governo Dilma – exercício de democracia

Manifestantes contra o governo reunidos na Avenida Paulista

Manifestantes contra o governo reunidos na Avenida Paulista

                                            http://migre.me/p3bX4

 

       Como já comentamos aqui em 2013, manifestação significa um conjunto de pessoas tentando mostrar apoio ou descontentamento com relação a algo. Nesta semana, um dos assuntos mais evidentes é a manifestação contra o governo da presidente Dilma Roussef e seu partido, o PT (Partido dos Trabalhadores). A manifestação ocorreu no último domingo, dia 15, reunindo milhares de pessoas em todo o país. Atos menores também foram realizados em Nova Iorque, Londres, Paris e Buenos Aires. Talvez você esteja se perguntando: por que as pessoas estão descontentes com o governo e com o partido?

      Vamos imaginar algo bem simples: sua escola precisa eleger um diretor. Dentro da escola existem grupos com ideias diferentes, e dentro desses grupos existe um candidato a diretor que será escolhido pelos alunos. Vamos pensar em dois grupos. Um deles defende que todos os alunos deverão ir uniformizados para a escola. O outro defende que cada um poderá frequentar as aulas com a roupa que escolher. Cada grupo desse pode ser chamado de partido. Partido, então, é uma espécie de grupo com os mesmos interesses e ideias, buscando conquistar o poder.

         Como vivemos em um país democrático, temos o direito de participar da escolha através do voto. Vamos então imaginar que, após uma votação, o vencedor da disputa pelo cargo de diretor faça parte do grupo que defende o uso de uniforme. A partir daí, o uso do uniforme passa a ser obrigatório.

     Bem, será que todos os alunos da escola concordam? Será que todos apoiam o uso do uniforme? Certamente não! E os alunos da escola dividem-se entre os que são contra e os que são a favor das ideias e propostas do diretor.   Apesar de nem todos serem a favor, o diretor tem o poder de decidir sobre as medidas tomadas na escola, pois foi escolhido pela maioria. Assim, mesmo tendo que respeitar as decisões do diretor, o grupo que é contra (oposição) tem o direito de se manifestar e demonstrar sua insatisfação com a situação.

         É mais ou menos isso que está acontecendo em nosso país. Existem cidadãos que são a favor da presidente Dilma Roussef e do partido que ela representa, o Partido dos Trabalhadores. Existem também os cidadãos que não concordam com as ideias do PT e estão insatisfeitos com o governo.     Muitos motivos levaram a oposição a se manifestar contra o governo, sendo o principal deles a suspeita de corrupção (práticas ilegais, erradas, desonestas) por seus membros.

     Por vivermos em um país democrático, todos temos o direito de nos manifestarmos. Por isso, além das manifestações contra o governo, também houve manifestações a favor do governo, como a ocorrida em São Paulo na última sexta-feira, dia 13, em que as pessoas foram às ruas demonstrar apoio ao governo.

     Enfim, ir às ruas se manifestar significa que estamos exercendo o direito de expressar livremente nossas opiniões, sejam elas contra ou a favor ao governo. Isso é democracia.

Água: ajude a economizar!

economia_gotinhaeconomica

http://2.bp.blogspot.com/_2tC3pKvlOt8/TEZzjRwcKBI/AAAAAAAAAP Q/ozb4Dv64uXM/s1600/economia_gotinhaeconomica.gif


 

     Sabemos que, nos últimos meses, temos sofrido muito com problemas de água para nosso consumo. Como já foi dito no último post, isso vem acontecendo por estar chovendo menos do que nos anos anteriores nessa mesma época do ano, fazendo com que os rios, as lagoas e reservatórios de água sequem. Isso é um problema muito sério, pois a água é um recurso essencial à toda vida na Terra.

   Nossa única saída é economizar e até reutilizar esse valioso recurso, não deixando que haja desperdício.

     Sabe-se que nessa época do ano inicia-se o período das chuvas e tempestades. A pergunta é: quando começarem as chuvas, poderemos parar de nos preocupar com a economia de água? A resposta é? Não, de forma alguma devemos parar de nos preocupar em economizar a água. Mas por quê?

    A água da chuva, ao cair no solo, é primeiramente asborvida pela vegetação (árvores, plantas) e pela camada da superfície do solo, podendo também evaporar-se em pouco tempo. Se você, por exemplo, jogar um copo de água na areia quente e seca da praia, na terra de seu quintal ou mesmo no asfalto da rua, vai ver que em pouco tempo essa água vai evaporar-se completamente.

      Isso significa que, para que a água volte a acumular-se nas represas e rios, de nada adianta um pouco ou alguns dias de chuva. É necessário que haja muita chuva e por um longo período de tempo (vários meses ou até mesmo anos) para que a água, além de alcançar a superfície do solo, também alcance e encharque as suas camadas profundas até que comece a se acumular de baixo para cima, fazendo assim com que suba o nível das represas e dos rios.

       O que aprendemos com isso?

      Aprendemos que não é porque se inicia a estação das chuvas que as pessoas podem voltar a esbanjar água por aí, pois para que tudo volte ao normal e as represas voltem a ficar cheias novamente é preciso de muito tempo e muita chuva.

       Além disso, mesmo que não haja problemas de seca ou de falta de água, sempre devemos fazer uso racional da água, economizando ao máximo esse recurso tão rico e tão necessário para a nossa sobrevivência. É nosso dever como cidadão!

        Se a economia de água que agora a população está fazendo já tivesse sido começada antes, e a água também tivesse sido armazenada corretamente, poderiamos até mesmo não estar passando pelo sério problema atual. Assim, as prefeituras e os governantes responsáveis também devem sempre estar atentos ao problema e fazerem constantes melhorias e modernizações nos sistemas de captação e ARMAZENAMENTO de água de suas cidades, para que sempre haja água reservada o suficiente, ou seja, uma garantia para os períodos de seca.

       O armazenamento correto da água é um dos fatores de maior importância, pois de nada adianta toda a chuva do mundo se você não “guardá-lá”, armazená-la o suficiente para seu uso no presente e no futuro.

      Por isso, toda a sociedade – eu, você, seus pais, seus amiguinhos, os governantes – devemos nos preocupar com o uso racional e economia da água sempre, seja nos períodos de seca ou mesmo de chuva abundante.”

 

Colaboração: Luciana Nodari

 

O que você faria? – Taxista americano encontra 300 mil dólares e devolve dinheiro ao dono

         

taxista

Taxista Gerardo Gamboa

http://imguol.com/c/noticias/2013/12/26/taxista-acha-us-300-mil-e-devolve-dinheiro-ao-dono-nos-eua-o-taxista-gerardo-gamboa-que-achou-que-a-sacola-continha-apenas-chocolates-1388050639779_300x200.jpg

          Muitas vezes, não sabemos o que fazer e nem como agir em algumas situações, por exemplo: você encontra uma figurinha no pátio do recreio e fica muito feliz, pois era essa que faltava para completar seu álbum. De repente, você volta para a sala de aula e vê seu amigo procurando pela figurinha. Você devolve? Você cola no seu álbum e finge que não aconteceu nada? Puxa vida, você queria tanto a figurinha…O que você faria?

          Em uma situação assim, é muito comum as pessoas pensarem em si próprias e acabarem tomando a decisão errada, por exemplo, você decide ficar com a figurinha porque ela vai completar seu álbum, ninguém viu que você a encontrou, o dono nunca vai ficar sabendo, e muita gente faz e faria isso. E então, o que fazer?

          Uma regra muito preciosa que resolve facilmente um problema desse tipo é: faça o certo, mesmo que ninguém esteja fazendo, mesmo que ninguém esteja vendo. É isso que vai fazer de você uma pessoa correta, confiável, responsável e, acima de tudo, tranquila com sua consciência, afinal, honestidade deve ser regra e não exceção.

Veja a atitude que um taxista americano tomou ao encontrar um dinheiro que não era seu:

          Gerardo Gamboa, um taxista de Las Vegas, encontrou 300 mil dólares em seu carro, deixados por um passageiro que havia acabado de sair de um cassino. O taxista pensou que fossem chocolates, mas ao abrir a sacola, encontrou maços de dinheiro! Logo em seguida, levou a sacola até a empresa de táxi onde trabalha. Gamboa disse que não pensou, “nem mesmo por um segundo”, em ficar com o dinheiro.

          A polícia e um funcionário do cassino localizaram o dono do dinheiro, que é um conhecido jogador de pôquer. Seu nome não foi revelado, e não se sabe se o taxista recebeu alguma recompensa por parte do dono do dinheiro.

          A empresa de táxi onde Gerardo trabalha o presenteou com um cheque de mil dólares, para recompensar sua honestidade.

 

 

 

 

 

 


19 de novembro – Dia da Bandeira Nacional

bandeira-brasil

http://lembrancasdesencapadas.files.wordpress.com/2013/07/bandeira-brasil.jpg?w=500

         Você sabia que no dia 19 de novembro, comemora-se o Dia da Bandeira do Brasil?

       A bandeira é um dos símbolos que representam a República Federativa do Brasil (os outros símbolos são as armas nacionais, o selo nacional e o hino nacional).

         Existem normas que devem ser seguidas para a confecção da Bandeira Nacional. Ela deve ter o formato retangular de fundo verde, com um losango amarelo. No centro desse losango, uma esfera azul com uma faixa branca atravessada e inclinada da esquerda para a direita, com os dizeres “Ordem e Progresso” em letras maiúsculas verdes. No círculo azul, 27 estrelas retratam o céu do Rio de Janeiro, incluindo constelações, como o Cruzeiro do Sul. As estrelas simbolizam os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

         As quatro cores da bandeira simbolizam as famílias reais das quais descende D. Pedro. Entretanto, com o passar do tempo, o povo brasileiro substituiu e adaptou essas informações. Daí em diante, os significados das cores passaram a ser:

Verde – representa as matas

Amarelo – representa as riquezas

Azul – representa o céu

Branco – representa a paz

 

         Vamos conhecer algumas curiosidades sobre a Bandeira do Brasil?

 

  • A estrela que fica sozinha acima da faixa branca, ao contrário do que muitos pensam, não representa o Distrito Federal. Ela representa o estado do Pará, que até 1889 era o maior estado que ficava acima da linha do Equador (linha imaginária que divide a Terra em dois hemisférios, ou seja, em duas partes).
  • É a única bandeira Nacional a ter uma constelação representada em sua imagem.
  • É a única que traz uma mensagem escrita.
  • A maior Bandeira do Brasil está localizada no Morro dos Barbosas, na cidade de São Vicente, litoral do estado de São Paulo, e foi inaugurada em comemoração aos 500 anos do descobrimento do Brasil pelo então Governador Mário Covas. A Bandeira tem 630 m² (31 x 20 m) e 110 kg de peso, com mastro de 60 metros.
  • Quando várias bandeiras são hasteadas em nosso país, a brasileira deve ser a primeira a chegar no topo do mastro e a última a descer.
  • O Brasil já teve 12 bandeiras diferentes, sem contar a nossa atual bandeira. A maior parte foram bandeiras portuguesas  hasteadas no Brasil desde a época de Pedro Álvares Cabral. Estas bandeiras foram mudando de acordo com a mudança na política portuguesa. Como o Brasil foi colônia de Portugal até 1822, estas bandeiras valem também o nosso território. Se contarem apenas as bandeiras criadas após a independência, são três no total.

 

 

                                                            Maior Bandeira do Brasil

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php

            

Hino à Bandeira Nacional

 

         Assim como as bandeiras, os hinos também são criados para representar uma nação.  No ano de 1906, apareceu pela primeira vez o Hino à Bandeira Nacional, escrito pelo poeta Olavo Bilac.

 

Salve lindo pendão da esperança!
Salve símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.

 

Recebe o afeto que se encerra
em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Em teu seio formoso retratas
Este céu de puríssimo azul,
A verdura sem par destas matas,
E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

 

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Contemplando o teu vulto sagrado,
Compreendemos o nosso dever,
E o Brasil por seus filhos amado,
poderoso e feliz há de ser!

 

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Sobre a imensa Nação Brasileira,
Nos momentos de festa ou de dor,
Paira sempre, sagrada bandeira
Pavilhão da justiça e do amor!

 

Recebe o afeto que se encerra
Em nosso peito juvenil,
Querido símbolo da terra,
Da amada terra do Brasil!

 

Clique para ouvir:

https://www.youtube.com/watch?v=2UQw9rBfv88

Referências:

http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_da_bandeira.htm (acesso em 18/11/2013)

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php (acesso em 18/11/2013)

http://www.brasilescola.com/brasil/bandeiradobrasil.htm (acesso em 18/11/2013)

http://www.useabandeira.com.br/curiosodades_bandeira.php (acesso em 18/11/2013)

 

Aplicativo criado por brasileiros ajuda a combater lixões ilegais

lixarada1http://livetouch.com.br/universotouch/wp-content/uploads/2013/07/lixarada1.jpg

Infelizmente, podem ser encontrados em vários lugares, depósitos de lixo ilegais. Nesses locais, há muito lixo acumulado em condições que não são apropriadas ou corretas para o lixo ser deixado, o que pode causar mal às pessoas e ao meio ambiente (poluição, doenças, etc). Mas agora, as pessoas já podem ajudar a reduzir esse problema.

 Um grupo de brasileiros criou uma maneira em que as pessoas podem denunciar de forma mais fácil esses lixões clandestinos às autoridades responsáveis (à prefeitura, à secretaria do meio ambiente) pelo celular! Esse grupo desenvolveu um aplicativo para celulares do tipo “smartphones”, que permite que as pessoas denunciem o lixão clandestino. Esse aplicativo possui um sistema de localização que mostra, através de um mapa, o exato lugar em que está o lixão encontrado, e até o tipo/tamanho de lixo.

         Essas informações são enviadas diretamente para as autoridades através desse aplicativo. As pessoas também podem fotografar e enviar as fotos, para melhor comprovação. Esse aplicativo ainda está somente disponível para Iphone. Os criadores estão desenvolvendo uma versão para Android, que deve ser lançada até o final do ano. Uma boa ideia, não? Você, podendo colaborar para a melhoria do meio ambiente, através de seu celular!