Tag Archive for animais

O resgate dos Beagles do Instituto Royal

    

     Beagle

                                                        http://vejasp.abril.com.br/blogs/bichos/files/2013/10/Beagle.png

     No último dia 17 de outubro, aconteceu um episódio que virou notícia em todo o Brasil: mais de cem pessoas invadiram o Instituto Royal, em São Roque – SP, e resgataram (libertaram) 178 cães da raça Beagle, que eram utilizados para pesquisas.

    O uso de animais em pesquisas é bastante comum, e acontece há muito tempo no mundo todo. Quando os cientistas fazem descobertas de novos remédios, por exemplo, precisam primeiro testá-los nos animais antes de usá-los nos humanos.

    O uso de animais em testes de pesquisas não é proibido, e existe uma lei que diz que esses animais não devem sofrer, devendo ser utilizados somente quando não existe outra alternativa.

   De acordo com os ativistas defensores dos animais, os cães estavam sofrendo maus-tratos, por isso resolveram tirá-los de lá. Bem, mas nem tudo é tão simples assim. Os cães pertenciam ao laboratório, e os ativistas o invadiram por conta própria. O correto seria que as autoridades investigassem o caso e resgatassem os animais. Por isso,  se os invasores forem identificados, poderão responder por furto.

         Para muitas pessoas, os ativistas fizeram apenas o bem ao resgatar os animaizinhos que estavam sofrendo. O problema é que eles passaram por cima das leis, já que o laboratório tinha autorização para fazer essas pesquisas.

         Cientistas dizem que muitos remédios e descobertas jamais teriam existido se não fossem feitos testes com animais. Por outro lado, existem pesquisas que usam animais sem verdadeira necessidade, por exemplo, os testes de cosméticos (produtos de beleza).

         Como você pôde perceber, essa questão é bem delicada e causa muita discussão! Esperamos que o resgate dos Beagles do Instituto Royal sirva para que todos pensem muito sobre o assunto, para que sejam desenvolvidas outras maneiras de pesquisa, para que pelo menos os animais sejam utilizados somente quando não há nenhuma outra alternativa e, mesmo assim, sem sofrimento desnecessário.